Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Rua General Jardim, 846 cj 41 Higienópolis, São Paulo - SP


  Telefone: +55 (11) 3231-4638   (11) 99863-5577

08. Tumor de Células Gigantes do Rádio – Técnica de ressecção do tumor – Técnica de obtenção do enxerto autólogo da fíbula – Técnica de reconstrução do punho

 Em portugês, você também pode ver esta técnica com imagens maiores aqui:  http://bit.ly/tgc_radio-por

 In english, you also can see this technique with larger images here:  http://bit.ly/tgc_radio-en

En español, se puede ver la técnica con imágenes más grandes aquí:  http://bit.ly/tgc_radio-esp

  • Resumo:

  • Descrição da técnica:

 Paciente feminina, 26 anos de idade, com dor no punho esquerdo havia dois meses. Procurou atendimento inicial em janeiro do ano 2000, quando foram feitas radiografias e tomografia, apresentando as seguintes imagens (Figuras 1 à 6):

 Em Maio de  2005, com a suspeita de tumor de células gigantes, foi encaminhada para um segundo hospital, cinco meses do primeiro atendimento. Novo encaminhamento foi feito, agora para nosso atendimento, em Outubro daquele ano (Figuras 7 à 10).

A demora no atendimendo compromete o tratamento. A lesão evolui, destrói a estrutura óssea, fratura e requer procedimentos cirúrgicos  maiores. Nesta ocasião foi realizado o estadiamento do tumor, que não apresentou outro foco da doença. Foi realizada a biópsia da lesão, com agulha de Jamshid sob anestesia local e controle radiográfico, planejamento da ressecção e aspecto clínico pré-operatório (Figuras 11 à 18). 

  O diagnóstico histológico da biópsia confirmou a suspeita clínica de tumor de células gigantes (Figuras 19 à 24).

 O estudo de ressonância magnética mostra lesão de rarefação óssea, com áreas de necrose, erosão, insuflação e fratura infracção da cortical, com deformidade e afundamento da superfície articular (figuras 25 à 36).

Com este estudo, confirmamos a agressividade local do tumor e a grande destruição da extremidade distal do rádio esquerdo, com fratura por infracção, deformidade articular e encurtamento do rádio. Nesta situação o tratamento intralesional deve ser contra indicado, devido à alta possibilidade de recidiva local, além da perda da função. Oncologicamente esta indicada a ressecção segmentar do rádio e reconstruçào do punho. A artrodese pode ser uma alternativa, mas preferimos preservar a função e a anatomia do punho, sempre que possível. Neste caso, optamos por reconstruir com enxerto autólogo não vascularizado, obtido do segmento proximal da fíbula ipsilateral, que mimetiza melhor o rádio.

  A cirurgia é realizada em decúbito dorsal horizontal, preferentemente sem uso de garoteamento do membro. Os detalhes da ressecção são mostrados nas figuras 38 à 57.

 Após a ressecção do segmento distal do rádio e a revisão cuidadosa da hemostasia, colocamos compressa umedecida com soro fisiológico no leito cirúrgico e enfaixamos temporariamente com faixa crepe.

   Passamos para a segunda etapa: A obtenção do enxerto autólogo, não vascularizado, obtido do segmento proximal da fíbula ipsilateral. É preferível utilizar o enxerto obtido do mesmo lado, pois a face lateral da fíbula e a tuberosidade de insersão do ligamento colateral lateral mimetizam melhor a face dorsal do rádio do mesmo lado. Desta forma o ápice da fíbula subistituirá a estilóide radial.

   É importante obter este enxerto com cápsula articular, da articulação tibio-fibular proximal, em toda a circunferência da epífise fibular.

   Desta maneira teremos tecidos moles para a reconstrução circunferencial da neo articulação fibulo-carpal. A seguir, detalhamos a obtenção do enxerto da fíbula (Figuras 58 à 75).

 

_____________________________________________

            Autor : Prof. Dr. Pedro Péricles Ribeiro Baptista

                         Oncocirurgia Ortopédica do Instituto do Câncer Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho                   

Consultório: Rua General Jardim, 846 –  41  –  CEP: 01223-010   Higienópolis   São Paulo – S.P.

                        Fone: +55 11 3231-4638   Cel: +55 11 99863-5577   Email: pedro@oncocirurgia.com

_______________________________________________

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *